DESTINO FINAL > Reciclagem - Desfibração

Sendo o papel/cartão o principal constituinte das ECAL, é natural que a reciclagem se dê pelo aproveitamento das fibras presentes nas embalagens. A reciclagem de papéis, em geral, tem sido fomentada em todo o mundo, principalmente nos últimos 10/15 anos, evitando, assim, o abate de milhares de árvores e o sobre carregamento dos aterros sanitários.

A desfibração é o processo universal de reciclagem de papel/cartão. Este processo começa com o enchimento do “hidropulper” com água e embalagens (nesta caso ECAL). Agentes químicos como o hidróxido de sódio podem ser adicionados, cuja função é aumentar o PH e provocar a dilatação mais rápida das fibras, diminuindo o tempo necessário ao processo.

A mistura é agitada durante 15 a 60 minutos a as fibras separadas dos restantes constituintes. O polietileno e alumínio são sucessivamente separados através de processos de centrifugação/filtração.

Após as fibras estarem totalmente separadas do polietileno e alumínio seguem para a máquina de papel sob a forma de “pasta de papel”, onde é transformada em papel/cartão reciclado.

O polietileno e alumínio resultantes deste processo, possuem propriedades térmicas e mecânicas bem definidas que lhes permite a valorização através de vários processos.


Destino Final
Valor Ponto Verde
Reciclagem
Reciclagem - Desfibração
Reciclagem - Compressão Térmica
Reciclagem - Polietileno e Alumínio
Reciclagem - Europa
Reciclagem - Artigos
Compostagem
Valorização Energética
Aterro Sanitário
Pacote Associação dos Fabricantes de Embalagens de Cartão para Alimentos Líquidos
© AFCAL 2010 | Gerido por Epoch Multimédia